quarta-feira, 3 de março de 2010

É Letramento Midiático.

Há alguns anos a maior e mais importante discussão das novas tecnologias na educação era a distribuição de computadores nas escolas, como e o que fazer com eles. Mais de uma década depois e ao longo de longas conversas e decisões o aspecto pedagógico prevalece, como maneira preponderante e fundamental no uso do ambiente informatizado existente e constituído pedagogicamente nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

E as mídias?! Num processo bem intenso e no decorrer dos anos o NTM pauta o seu trabalho em ações que possibilitem fazer mídia educação na escola. A formação continuada, os projetos mídia educativos, a assessoria as escolas são exemplos do trabalho realizado. Uma trajetória com muito aprendizado.

Em mais uma etapa o NTM/SME é convidado, pela fundação CERTI, a participar do projeto XO (laptop para alunos e professores na escola), para planejar e realizar a formação continuada dos educadores da escola básica onde o projeto se encontra, a Escola Básica Intendente Aricomedes (EBIAS).
Esse projeto é proveniente da OLPC ("One Laptop per Chil"), uma nova associação sem fins lucrativos dedicado à pesquisa.

Para discutir as possibilidades de uso pedagógico dos laptops em sala de aula, o NTM fará dois dias de oficina com educadores da escola EBIAS, assessores pedagógicos do Ensino Fundamental/SME e responsáveis da CERTI pelo projeto.

Entendemos que o projeto traz à escola a oportunidade de discutir assuntos pedagógicos, muito importantes, na dinâmica da sala de aula com a utilização desses laptops individuais. A convergência de várias linguagens, a mediação do professor, a interação , a transversalidade, a produção de alunos e professores, ou seja, a integração das TICs ao currículo pode ser a motivação para mudanças nas práticas educativas.

O porque, o que e como fazer deve permear as diretrizes de formação pedagógicas do projeto, para que o aluno tenha no seu processo de aprendizagem uma apropriação de novos conhecimentos de forma significativa. Entre tantas reflexões o fator mudança é fundamental no currículo, aqui deve-se prover o diálogo entre o letramento midiático e o letramento escolar.


"Como integrar efetivamente as tecnologias de informação e comunicação (TICs) ao currículo escolar? Basta introduzir o computador na escola e/ou disponibilizar materiais didáticos na Internet? Com certeza, não. O tema é muito mais complexo e, para discuti-lo..."
(postagem Ensinar com Internet/ EDUCAREDE)

Ouça a entrevista da professora Elizabeth de Almeida da PUC-SP, sobre o webcurrículo. É preciso discutir a incorporação das TICs ao currículo.



Deixe seu recado!





Nenhum comentário: